Alimentos ricos em iodo para melhorar a saúde da tireoide

publicidade:

O iodo é considerado um dos nutrientes vitais do corpo, responsável pela regulagem da tiroide, tornando seu metabolismo saudável, auxiliando no crescimento e desenvolvimento além, de prevenir certas doenças crônicas como o câncer. Infelizmente, muitos adultos não consomem bastante alimentos ricos em iodo causando uma deficiência em iodo no organismo.

Por isso, muitos sofrem uma série de consequências negativas para a saúde, como resultado, conhecidas como distúrbios por deficiência de iodo (DDI). O iodo está presente em todo o corpo em praticamente todos os órgãos e tecidos, necessário para quase todos os sistemas do corpo para nos mantermos vivos e energizado. Por esta razão, a deficiência de iodo apresenta muitos riscos.

publicidade:

Um dos sintomas mais comuns de deficiência de iodo? São os distúrbios da tireoide. A tireoide é uma das glândulas mestras do corpo responsáveis por equilibrar os hormônios, e os efeitos da tiroide causada parcialmente por uma dieta pobre em alimentos ricos em iodo pode criar tais reações negativas como fadiga , ganho ou perda de peso, desequilíbrios hormonais, alterações de humor, e muito mais.

Leia Também  Camisetas Masculinas Hollister Original - Modelos
publicidade:

Sinais de deficiência de iodo 

Dificuldade em produzir saliva e digerir adequadamente alimentos
Inchaço das glândulas salivares e boca seca
Problemas de pele, incluindo a pele seca
Falta de concentração e dificuldade em reter informações
Dores musculares e fraqueza
Aumento do risco de doença da tireóide
Aumento do risco de fibrose e fibromialgia (Dor e sensibilidade musculares por todo o corpo)

Alimentos ricos em iodo para melhorar a saúde da tireoide

O iodo entra no corpo através de alimentos ricos em iodo, incluindo certos sais ( “sal iodado”), ovos , vegetais do mar e peixes.

  • Marisco – O peixe tem um teor de vitamina muito interessante e abrangente. Tem diferentes vitaminas do complexo B e de gordura – vitaminas solúveis entre as quais a vitamina A, a vitamina D e a um menor grau a vitamina E, o último presente principalmente no fígado de peixe e da carne branca.
  • Legumes – Os legumes e verduras tais como: cebola, alho, beterraba, acelga, espinafre, pepino, feijão verde, agrião. Os vegetais do mar, como algas comestíveis, são muito ricos em iodo. Na verdade, uma única porção de alga marinha contém quatro vezes as necessidades diárias deste mineral 2.000 microgramas. Alho, além de ser rico em iodo tem qualidades antibacterianas.
  • Leite e queijo – O leite desnatado contém, um volume elevado de iodo 100 gramas deste alimento contém 89 mg de iodo.
  • Cereais – Alguns cereais, tais como arroz, trigo e centeio são ricos em iodo. Por exemplo, no caso da farinha de milho: 100 gramas deste alimento, pode ser encontrado 80mg. iodo.
  • Ovos – O iodo é extremamente importante para o desenvolvimento cognitivo e mental em lactentes. Uma das maneiras mais seguras e mais simples para obter iodo na sua dieta seria através de gemas de ovo.
  • Ameixas secas – Consumir cinco ameixas secas por dia pode fornecer fibra, boro, vitaminas, minerais e 13 microgramas de iodo. Ameixas secas é um alimento denso calorias e, portanto, devem ser consumidos com moderação.
  • Iogurte – O iogurte é um dos alimentos mais saudáveis para incluir em sua dieta diária. É também uma excelente opção para aumentar os níveis de iodo em seu corpo. Um copo de iogurte fornece 154 microgramas de iodo e 154 calorias.
  • Agrião – Agrião é uma das melhores fontes de iodo para os vegano.
Leia Também  Vestidos com decote nas costas - Modelos

Alimentos ricos em iodo para melhorar a saúde da tireoide

Dose Diária Recomendada de Iodo

Desde que o corpo não armazene iodo, você precisa comer um pouco todos os dias. Por outro lado, o excesso de suplementos de iodo pode causar queimadura na boca, pulso fraco, dor de estômago, náuseas, vômitos e até mesmo coma em casos extremos. Consumo excessivo de iodo também pode inibir a síntese de hormônios da tireoide, levando a hipertireoidismo, câncer papilar da tireoide.

publicidade:

1-3 anos: 200 µg
4-8 anos: 300 µg
9-13 anos: 600 µg
14-18 anos: 900  µg
19 anos e mais velhos: 1,100 µg
As mulheres grávidas 14-18 anos: 900 µg
As mulheres grávidas com 19 anos: 1,100 µg
Mulheres lactantes 14-18 anos: 900 µg
mulheres lactantes 19 anos: 1,100 µg