Espinhas nas costas: Conheça as causas e como tratar em casa

publicidade:

As espinhas nas costas são muitas vezes ignoradas pelas pessoas pelo fato de não ser tão aparente como as acnes e espinhas que surgem no rosto, porém a falta de cuidados só pode agravar ainda mais o problema.

A pele pode ser considerada a armadura do corpo humano, ela nos protege contra impurezas externas, elimina as toxinas geradas no metabolismo através do suor e tem a função de regular a temperatura corporal.

publicidade:

Quando algo não vai bem dentro de nosso organismo, os primeiros sintomas podem ser notados através de nossa pele, e se as espinhas estão surgindo nas costas, no peito, no rosto, no bumbum isso só demonstra algo está errado, e são diversas possíveis causas.

publicidade:

O uso de certos tipos de medicamentos, uma alimentação rica em gordura, açúcar, fast foods, e comida congelada, alterações hormonais e estresse são alguns dos fatores que podem despertar ou agravar o problema.

O grande empecilho que as espinhas nas costas causam é o fato da pessoa que sofre com essa situação ficar constrangida, o que a faz evitar locais que ela tem que ficar sem camisa como na praia ou em piscinas e também evitar certos tipos de roupa que deixam as espinhas a mostra.

Bom vamos agora conhecer as causas da espinha nas costas e confira os melhores medicamentos e as melhores formas de combatê-as em casa.

Espinhas nas costas ou caroços, como surgem?

Independente de onde a espinha ou acne surgir as causas são sempre as mesmas, a obstrução dos poros que pode ser causada por pele morta, sujeira ou pelo próprio sebo do corpo (oleosidade em excesso), essa obstrução dos poros acaba formando o cravo ou cistos (caroços) e se por acaso as bactérias invadirem podem evoluir para uma espinha inflamada.

Causas mais prováveis

Durante períodos onde ocorre alterações hormonais o problema tende a se agravar como no caso da adolescência, na gravidez ou no período menstrual. As medicações que causam alterações hormonais como os esteroides e anabolizantes também podem causar as espinhas.

Em alguns casos as espinhas nas costas pode não ser culpa sua e sim uma herança genética e nesses casos é ideal consultar um dermatologista para acompanhar de perto a situação para assim prescrever o melhor tratamento.

O estresse também pode afetar a a pele podendo ate piorar os problema de espinhas e além desse fator, a utilização de produtos oleosos demais podem também contribuir para a obstrução dos poros.

E ainda temos a questão da alimentação que também pode ter grande influência na causa das espinhas nas costas, gorduras e açúcares e em demasia só agravam o problema então fique ligado no que anda consumindo.

Melhores tratamentos, o que fazer?

Antes de utilizar qualquer tipo de tratamento seja através de medicamentos ou mesmo de forma caseira, é imprescindível consultar um dermatologista para que ele possa avaliar o quão grave pode estar sendo os problemas com as espinhas nas costas.

Leia Também  Micropigmentação de sobrancelha - Tipos, Preço e Fotos antes e depois

Enquanto não procura um dermatologista ou ainda aguarda a data da consulta, alguns cuidados podem ser tomados afim de diminuir ou mesmo prevenir as espinhas nas costas.

  • Como a causa da espinha é a obstrução dos poros, manter uma limpeza diária da pele é essencial para que ela não acumule nem sujeira, pele morta ou oleosidade.
  • Eliminar a ingestão de alimentos gordurosos ou com açúcar e ingerir mais quantidades de frutas, verduras e vegetais. (Não ignore essa dica)
  • Não acredite no mito de que ficar exposto no sol irá secar as espinhas, num primeiro momento elas poderão até diminuir, porém o calor fará a pele produzir ainda mais oleosidade fazendo o problema com as espinhas nas costas ficarem ainda pior.
  • O mesmo vale na hora do banho, evite deixar a água com a temperatura muito alta, já que essa prática poderá ressecar a pele, sendo assim a pele só sentirá a necessidade de produzir mais e mais sebo (oleosidade)
  • Sempre utilize produtos de beleza ou protetor solar indicados pelo dermatologista, o ideal é optar por produtos com texturas em gel ou com propriedades não comedogênicas, e o protetor solar deve sr próprio para pele oleosa.
  • Umas das formas que o corpo utiliza para remover impurezas do organismo é através da urina, portanto aquela recomendação que sempre ouvimos pro ai de sempre beber no mínimo 2 litros de água por dia é válida, se o corpo tem menos impurezas menores serão as chances de surgirem as espinhas nas costas.
  • Roupas apertadas, molhadas e pele suada, também devem ser evitadas ao máximo, lembre-se de que a intenção é não obstruir os poros.
  • Procure utilizar sabonetes anti-acnes e faça esfoliação por pelo menos 2 vezes na semana, isso ajudará a remover as impurezas e pele morta da superfície da pele deixando assim os poros livres.
  • Mas o principal é não deixar de procurar informações com um dermatologista para que ele possa prescrever o melhor tratamento.
Leia Também  Suco de Brócolis Emagrece? Veja a Receita e os Benefícios

Cicatrizes e manchas de espinhas nas costas

Muitas pessoas tem o hábito de espremer as espinhas nas costas, outras pessoas simplesmente ignoram o problema ou tratam de maneira inadequada, o fato é que qualquer umas dessas situações poderá futuramente deixar a pele marcada, seja com manchas ou cicatrizes que só poderão ser removidas através de medicamentos indicados pelo dermatologista, portanto a melhor forma de prevenir esses efeitos colaterais é prevenindo as espinhas.

Roacutan para acabar com as espinhas

Em casos muito severos como pele muito oleosa e com uma grande quantidade de cravos, espinhas e grandes cistos o dermatologista poderá recomendar o uso do roacutan, que além de tratar os problemas com espinhas das costas também poderá acabar com as espinhas em qualquer parte do corpo.

publicidade:

Esse medicamento só pode ser comprado através de uma receita, seu uso somente é indicado em casos realmente muito severos, seus efeitos colaterais podem ser perigosos, e portanto durante todo o tratamento o dermatologista acompanhará de perto afim de evitar qualquer mal.